Incêndio

Incêndio as margens da BR 354 em Arcos

Atear fogo em matas ou para limpeza de lote e pasto, constitui crime ambiental. Estas práticas são criminosas levando a prisão do autor, além de colocar a vida de pessoas e animais em risco

Na data de ontem sexta- feira (16), por volta das 18h51, a equipe do Corpo de Bombeiros Militar pertencente ao município de Arcos foi acionada para um incêndio as margens da BR 354 no trevo próximo ao bairro Esplanada.

No local, os militares constataram que as chamas com uma altura aproximada de dois metros estava próxima a veículos que por ali passavam e a fumaça estava atrapalhando a visibilidade dos motoristas, colocando em risco a vida das pessoas que por ali transitavam. Com o uso de técnicas de combate a incêndio florestal a equipe conseguiu debelar o incêndio e garantiu a segurança dos motoristas que por ali passavam.

Lembrando que no início desta semana na terça- feira (13), ocorreu um incêndio criminoso em um lote vago na cidade de Formiga.

O Pelotão do Corpo de Bombeiros da cidade recebeu um chamado, onde relatava que um homem estava limpando um terreno utilizando fogo no bairro São Lourenço, prática esta proibida e criminosa que coloca em risco as pessoas e bens, além de provocar danos ambientais.

Uma guarnição de bombeiros foi até o local, constatou que não havia riscos de propagação do fogo e identificou o autor. Posteriormente o proprietário do lote compareceu ao local, foi identificado, disse ter contratado o serviço e ambos foram informados das implicações penais, cíveis e administrativas que atear fogo em lotes vagos podem gerar. O fato foi repassado à Polícia Militar de Meio Ambiente, que em virtude de outras demandas, não pôde comparecer no momento.

No dia 14/04, uma equipe da Policia Militar do Meio Ambiente visitou os responsáveis pela queimada no lote, sendo os mesmos autuados cada um em R$ 590,00 conforme previsão da lei.

Orientações a população:

Estamos entrando no período de estiagem, neste período, muitas pessoas infelizmente usam o fogo para limpar pastos, lotes ou matas. Estas práticas são criminosas e podem levar a prisão do autor, além de colocar a vida de pessoas e animais em risco. Não coloque fogo em matas, esta prática destrói vidas. Em caso de incêndios em lotes, matas ou margens de rodovias ligue 193. O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais está 24 horas a disposição da população mineira.

Comente