Atlético Mineiro

A GOLEADA QUE MUDARIA A HISTÓRIA DO ATLÉTICO

Léo na Geral

Um 6x1 mudou toda uma história. Aquele 4 de Dezembro de 2011 foi o pontapé inicial para uma mudança brusca no quadro do Clube Atlético Mineiro. A goleada sofrida para o maior rival e a chance de rebaixar o mesmo fez o Atlético crescer intensamente no cenário esportivo brasileiro. Quem diria que quase seis anos depois, o Galo seria campeão da Libertadores, da Recopa Sul-Americana, da Copa do Brasil e duas vezes vice-campeão do país (2012 e em 2015)?
 
A eleição favorável à construção de um estádio para o Atlético, desde então, é o passo recente mais importante do clube. Para se aprovar o projeto, os conselheiros deliberativos precisavam somar 260 votos. Votante de número 260 favorável ao acordo, o ex-presidente Alexandre Kalil foi o responsável por oficializar o sonho antigo do atleticano: ter uma casa. Objetivo este que foi discutido durante a própria gestão do atual prefeito de Belo Horizonte. 
 
Nos últimos anos, a utilização do Independência foi bastante positiva para os alvinegros. Nela, sendo mandante, o aproveitamento é muito bom. Nesse ano, as várias derrotas são atípicas, assim como a campanha irregular que vem fazendo no Campeonato Brasileiro. A Arena MRV será construída, mas a instituição deverá se preocupar com as empresas envolvidas no processo e com as dívidas exorbitantes que podem surgir (Corinthians e sua arena são um exemplo claro disso). 
 
Enfim, o torcedor atleticano terá um espaço só seu. As expectativas são as melhores possíveis. Aguardemos os próximos capítulos. Parabéns ao Conselho Deliberativo do Atlético por terem tomado a decisão correta!

Leonardo Garcia Gimenez (Léo na Geral)

Escritor das páginas Léo Na Geral, Universo do Futebol, O Maior de Minas, Superesportes e Iguatama Agora. Futuro jornalista, apaixonado por esportes, 17 anos. Ainda com muito caminho a percorrer, faço os textos pensando no leitor: credibilidade é meu objetivo.

Comente