Epidemia, Dengue

Essa época exige cuidados redobrados: é a chegada das epidemias simultâneas Coronavírus, Influenza e Dengue

Nesses próximos meses os cuidados devem ser redobrados, além do Coronavírus outras duas epidemias chegam para assustar a população

O Outono traz consigo a preocupação com as três epidemias que vêm simultâneas Coronavírus, Dengue e Influenza.
Apesar de a dengue ter perdido força na mídia para o coronavírus, o mosquito Aedes aegypti não tirou férias. Pelo contrário: um boletim epidemiológico do início de fevereiro do Ministério da Saúde aponta que o número de casos prováveis da doença para as primeiras cinco semanas do ano foi 19% superior aos notificados no mesmo período do de 2019. É essencial que os cuidados para prevenir a Dengue não fiquem de lado neste momento. População e autoridades de saúde devem fazer a sua parte para controlar os casos nas cidades. 
Nesse período surgem também as gripes, causadas pelo vírus Influenza e que deixam muitas pessoas debilitadas. 
A vacinação foi antecipada em todo país para os idosos e funcionários da saúde, para facilitar o controle da pandemia do COVID-19 (Coronavírus) e da Gripe Influenza.
Diferente do Coronavírus e da Influenza, os sintomas da dengue mais comuns são: forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos, manchas e erupções na pele, pelo corpo todo, com coceiras, extremo cansaço, moleza, dor no corpo, náuseas e vômitos. 
Em comum temos: falta de ar e febre alta com início súbito (entre 39º a 40º C).
Com o isolamento Social é hora de aproveitar e limpar os quintais com o objetivo de prevenir a dengue. No ano passado segundo dados do Ministério da Saúde, o número de casos de dengue foi o segundo maior da história.
Portanto, não vamos esquecer: mesmo em tempos de coronavírus, o mosquito Aedes aegypti não sai de cena. Até porque não se sabe se uma coinfecção com as duas doenças comprometeria ainda mais a nossa saúde.
É hora de um cuidado redobrado, informe-se e previna-se, cuidem da limpeza de suas casas, da higiene, da saúde, imunidade e hidratação.

 

Renata Coutinho Kascher

GRADUADA EM COMUNICAÇÃO SOCIAL, GESTÃO DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA: HABILITAÇÃO EM JORNALISMO, PELA PUC MINAS. 
EXPERIÊNCIA DE MONITORIA NA ÁREA DE JORNALISMO, LOCUÇÃO, EDIÇÃO E GRAVAÇÃO DE PROPAGANDA. 
SÓCIA PROPRIETÁRIA DO SITE IGUATAMA AGORA.
CASADA, MÃE DE DOIS FILHOS, ENGAJADA NAS CAUSAS FILANTRÓPICAS, PROTETORA DOS ANIMAIS. 
UMA DAS FUNDADORAS DA ASSOCIAÇÃO PROTETORA DOS ANIMAIS, QUATRO PATAS DE AMOR, DE IGUATAMA-MG.
PRATICANTE E APAIXONADA POR ESPORTES, EMPENHADA EM FAZER UM JORNALISMO TRANSPARENTE, DE BOA QUALIDADE E INFORMATIVO.

Comente